CEE

25/05/2018

CEE/PR participa da Solenidade de abertura do Seminário de Educação Básica na ALEP

O Secretário-Geral do Conselho Estadual de Educação do Paraná, Prof. Cleto de Assis, participou no dia 23 de maio de 2018 da solenidade de abertura do Seminário de Educação Básica do Estado do Paraná, o qual foi realizado numa parceria entre o Centro Universitário Internacional Uninter e a  Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). O evento teve como objetivo promover debates sobre a Lei n.º 13.415 de 16 de fevereiro de 2017, que altera as Leis nºs 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que  regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Além disso, o evento   discutiu temáticas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em especial do Ensino Médio, que dividida em cinco áreas: Ciências da Natureza; Ciências Humanas; Linguagens; Matemática e Formação Profissional.

O Seminário prosseguiu no dia 24 de maio de 2018, com debates simultâneos em cinco comissões setoriais, e se encerrou na manhã do dia 25, com audiência pública para elaborar documento que será encaminhado para redação final das proposições e, após a aprovação da Comissão de Educação, será  dirigido à Secretaria de Estado da Educação.

Para o coordenador-geral de Ensino Médio do Ministério da Educação, Prof. Wisley Soares, o debate na Assembleia Legislativa é simbólico, já que o tema deve ser tratado à luz da democracia. “Tudo que o MEC quer é garantir autonomia dos territórios, por isso é importante escutar a todos. Estamos há 20 anos debatendo o que precisa mudar no Ensino Médio. Nossos dados ainda são ruins, 50% dos estudantes não chegam ao Ensino Médio. 1,7 milhões de jovens são evadidos do Ensino Médio por ano. Precisamos refazer nosso Ensino Médio”, explicou. “Do ponto de vista de elucidar, jogar luz em alguns pontos, esta discussão é muito importante, com informação e transparência à classe educadora e, principalmente, aos nossos jovens”, afirmou.

De acordo com a presidente do Fórum Nacional de Educação, Prof.ª Ester de Carvalho, as alterações no Ensino Médio precisam ser praticadas. “O Paraná precisa trabalhar nesta proposta, que já é lei. Todos os artigos precisam entrar em vigor, mesmo que não se tenha a Base Nacional Comum do Ensino Médio aprovada. Vamos discutir o que já foi trabalhado em alguns estados sobre a normatização do Ensino Médio e é importante fomentar este debate para que o Paraná acompanhe o ritmo nacional”, explicou.

“Está mais do que na hora de colocarmos a educação em primeiro plano e falar sobre as melhorias que ainda podem ser feitas com a ajuda dos próprios educadores”, explica Dinamara Machado, diretora da Escola Superior de Educação da Uninter.

Estiveram presentes no evento a professora Ester de Carvalho, presidente do Fórum Nacional de Educação, a superintendente da Secretaria de Estado da Educação, Inês Carnieletto, o coordenador-geral de Ensino Médio do Ministério da Educação, Wisley João Pereira, o reitor do Centro Universitário Internacional – Uninter, Benhur Gaio e a diretora da Escola Superior de Educação da mesma instituição, Dinamara Machado, dentre outras autoridades públicas, dirigentes de instituições de ensino médio, técnicos e acadêmicos de educação e pedagogia e demais interessados.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.