CEE

26/02/2019

Secretário de Educação Participa da 1ª Reunião Plenária de 2019

O Secretário de Estado da Educação do Paraná, Prof. Renato Feder, visitou, no dia 18 de fevereiro de 2019, as instalações do Conselho Estadual de Educação do Paraná (CEE/PR) e participou da 1ª Reunião Plenária, a convite do Presidente do Conselho, Prof. Dr. Oscar Alves, junto do Superintendente Pedagógico da Secretaria de Estado da Educação (Seed), Prof. Raph Gomes Alves, do Superintendente de Gestão Escolar da Seed, Prof. Valter Miguel Claro da Silva, do Diretor-Geral da Seed, Prof. Moacir Gomes da Silva, e do Diretor-Presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), Administrador José Maria Ferreira.

Durante a reunião, o novo Secretário apresentou as metas estratégicas para os próximos quatro anos. Dentre elas, citou a melhora do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), até 2022, nos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. “Queremos que o Paraná, até o fim desta gestão, esteja em primeiro lugar no Ideb”, ressaltou Feder. Para isso, após análise minuciosa dos indicadores com os diretores das instituições de ensino da Rede Pública Estadual, durante o Seminário Aprendizagem em Foco, cada escola propôs sua meta de aprendizado e aprovação, gerando um alvo para o Ideb de 5,6 para os Anos Finais do Ensino Fundamental e de 4,5 para o Ensino Médio em 2019.

O aumento do número de alunos na Rede Pública Estadual e a ampliação da oferta de cursos técnicos também foram metas contempladas pelo atual Secretário, bem como a valorização dos profissionais da Educação e o fortalecimento da colaboração com os municípios.

Para Feder, os professores e diretores terão prioridade. “Devemos atendê-los em tudo o que necessitam. O docente deve sentir sua profissão como uma das mais valorizadas do Estado”, afirmou o Secretário, que pretende desburocratizar o trabalho do diretor, a fim de que este tenha mais tempo para se dedicar à parte pedagógica.  

Neste ano, algumas ações serão implantadas, tais como a realização de encontros e oficinas periódicas para diretores e pedagogos, objetivando fortalecer a gestão pedagógica, e a implementação da Prova Paraná, que será aplicada nas escolas sempre no início do bimestre e vai fornecer informações sobre os conhecimentos, habilidades e competências dos estudantes, a fim de auxiliar os docentes e equipe gestora na organização dos processos de ensino e aprendizagem.

Renato Feder também anunciou a elaboração de um material de apoio didático para ser utilizado, em 2020, no Estado do Paraná, o qual será construído de forma colaborativa, durante este ano, pelos docentes da Rede Pública Estadual.

Ainda durante a reunião, o Superintendente Pedagógico, Prof. Raph Gomes, ressaltou que o grande legado que se pode deixar é a melhoria da qualidade da educação. Disse que dentre as ações previstas da Superintendência Pedagógica está o acompanhamento da frequência dos alunos. “O estudante que não frequenta cotidianamente as aulas no Ensino Fundamental provavelmente evadirá no Ensino Médio. Por isso a proposta é que o responsável pelo aluno receba uma mensagem com frequência do discente, via celular, a fim de que este tome ciência se ele está ou não em sala de aula”, afirmou o Superintendente, que fez alusão à desburocratização do Registro de Classe Online – RCO.

Raph Gomes ainda salientou que foi criado o Departamento de Acompanhamento Pedagógico das Escolas com o objetivo de rever o Plano Pedagógico dos estabelecimentos de ensino da Rede Pública Estadual. Salientou também que a elaboração do material didático deve caminhar com a implementação da reforma curricular. Na sequência, informou sobre o Projeto-piloto referente à adesão de 11 (onze) escolas da rede, com diferentes perfis, para trabalhar nos moldes do novo Ensino Médio. Por fim, solicitou apoio do CEE/PR para sugerir ações a fim de minimizar a burocracia na Rede de Ensino do Estado do Paraná.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.